Blog

ilustração pequenos negocios

Marketing Ou Marketing Digital - A Verdade Que Nunca Lhe Contaram

Avaliação do Usuário

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O rigor não existe um marketing e um marketing digital. Só existe marketing. O que acontece é que o marketing, mesmo antes de o termo ser cunhado, sempre se apropriou das mais modernas tecnologias de comunicação para cumprir os seus objetivos.

E qual é o objetivo central do marketing? Na verdade o marketing não tem um único objetivo cada campanha pode ter um objetivo diferente. Promover uma causa, um produto, uma personalidade. Vender um produto, uma marca, etc. Parece-me apropriado afirmar que o objetivo central do marketing é compreender os mais profundamente possível os mecanismos que despertam no ser humano as necessidades e desejos a fim de propor-lhe meios de os satisfazer.

Na era pré Internet as ferramentas destinadas a esse fim eram complexas caras e o estudo levava muito tempo, de modo que apenas as grandes corporações podiam executa-los sobrando àS demais empresas tentar intuir os desejos, necessidades e comportamento do seu público para desenvolver produtos e serviços. 

Em muitos casos essa estratégia funciona porém em outros tantos os resultados ficam muito aquém daquilo que se esperava quando não resultam em verdadeiros fracassos.

Todo profissional de marketing digno desse status sonha com formas de tratar cada consumidor, cada cliente como único personalizando ao máximo as suas ofertas. Com a Internet, possivelmente o fenômeno de maior e mais duradouro impacto que o homem algum vez experimentou, esse sonho caminha a passos largos para tornar-se realidade.

Com a explosão dos meios para se comunicar e interagir com as pessoas os profissionais de marketing logo descobriram que ao invés de tentar adivinhar ou intuir é mais rápido, fácil e barato perguntar diretamente ao cliente e aos potenciais clientes o que eles querem comprar e não só. É igualmente cada vez mais fácil saber não só o que o cliente quer mas também como e quando ele quer adquirir o bem ou serviço.

Esse é apenas uma das possibilidades, talvez a mais central delas, na tarefa do marketing de conquistar novos clientes e fidelizar os já existentes.

Claro que as inovações trazidas pela Internet, como a mobilidade e a interatividade, para ficar apenas em duas, obrigaram ou melhor, criaram as condições para o desenvolvimento de novas técnicas e estratégias de se chegar ao consumidor e de atendê-lo com um grau de personalização quase que absoluto. Porém, no meu entender a coisa mais espetacular que a rede mundial criou foi a democratização dos recursos. 

Através da Internet e com os recursos das novas ferramentas criadas por ela qualquer pessoa, empresa ou organização, não importando o seu tamanho, segmento e localização, consegue acessar um enorme número de recursos capazes de fornecer-lhes dados e informações precisas sobre sua persona revelar seu comportamento e por esse meio criar, ampliar ou melhorar o seu negócio. É fácil compreender o alcance desses recursos. Basta olhar quantidade de pessoas que do nada tronaram-se milionários quase que instantaneamente.

Portanto, o que está a se passar nesses novos tempos é que o marketing ganhou uma expressão que nem mesmo os mais criativos e visionários dos profissionais do ramo poderiam pensar. Com os recursos proporcionados pela Internet mesmo um micro negócio pode disputar o mercado utilizando as mesmas ferramentas, táticas e estratégias outrora reservados apenas às grandes corporações.

Nos próximos artigos dessa serie trarei para você informações úteis sobre essas ferramentas, as técnicas e estregais que você pode e deve utilizar para tornar a sua empresa mais eficaz, atrair interessados no seu negócio e transforma-los em clientes satisfeitos e divulgadores da sua marca produtos e serviços.

Obrigado pela leitura e até a próxima. Não deixe de comentar e compartilhar esse artigo.


 

© 2016 RBP Digital. Todos os direitos reservados. Designed By RBP Digital